Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

#Be_One Be_Original

One Life, One Day, One boy.

#Be_One Be_Original

One Life, One Day, One boy.

The Night

     E neste momento o meu relógio marca quase 1h da manhã deste dia que, supostamente, ainda nem começou...

     Não sei explicar o que estou aqui a fazer, mas simplesmente, apeteceu-me...

    Vir aqui escrever umas palavrinhas para mais um post, tal como quando nos apetece comer algo mas ficamos naquele horrível impasse de não saber o que comer.

     No entanto, o caso aqui é não saber o que escrever.

     A noite está sossegadamente sossegada, nem um único movimento quando olho pela janela, e a única coisa que se ouve é um simples cão a latir, mas que mal se ouve por ser grande a distância e o som dos grilos a animar musicalmente esta noite.

    Não é que rua seja movimentada ou barulhenta durante a noite ou durante o dia, pois por momentos até parece que nem mora aqui ninguém, mas que nesta noite e a esta hora desperta a minha atenção,  nada mais nem nada menos.

     Simplesmente é uma rua, abandonada pelas pessoas a esta hora da noite e acompanhada pela lua (que não consigo ver pela janela, mas que creio estar lá, como todas as outras noites, mesmo quando não se deixa ver, como é caso) ou pelo seu brilho, se não fossem os candeeiros ligados com as suas potentes lâmpadas que chegam a iluminar tudo quanto é, e nao é sombra.