Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

#Be_One Be_Original

One Life, One Day, One boy.

#Be_One Be_Original

One Life, One Day, One boy.

17.Ago.17

Handwritten

#André
   Tenho momentos em que dou por mim a não saber o que fazer. Ponho os phones, e deixo-me levar pelo que ouço, e penso no que me rodeia...    Nunca ninguém me explicou o que é sentir.   Basta clicar no Play, para tudo começar... Mas será possível fazer replay depois de ouvirmos?    E ao ouvir... o poder que as músicas têm sobre nós, sinto vontade de agir, de correr, fugir, tentar ser tudo aquilo que desejo. Mas chego a meio do caminho e deixo-me cair na tentação de me (...)
12.Ago.17

1 Ano Depois!

#André
ONE DAY, ONE BOY      E bem... aqui está o meu primeiro post no meu blog: #Be_One Be_Original .      Um blog de um simples rapaz, interessado em ciência, fotografia, música, viagens e muitas outras coisas que serão aqui apresentadas. (...)      E foi assim que tudo começou há um ano atrás, com este primeiro post.    Hoje, o blog #Be_One Be_ Original, celebra o seu primeiro aniversário, que (...)
29.Jul.17

Indecisões

#André
    Quem me dera poder viver a minha vida de forma plácida, calma, sem grandes complicações... Mas estaria  a fugir à realidade!    Somos, todos os dias, bombardeados com questões, com situações, com momentos que nos levam a pensar o que realmente andamos aqui a fazer...      Outras vezes temos que tomar decisões, decisões que se tornam importantes para nós próprios.      E aí começa todo o problema, ficamos naquele estado a que chama de indecisão, sem saber (...)
27.Jul.17

A Luz das Estrelas

#André
     É durante a noite, à luz das estrelas, que todos os pensamentos nos vêm à cabeça. É nessa altura que todos os sentimentos parecem emergir em nós, de um profundo que não sabemos onde existe, mas que sabemos que existe, pois tais emoções teriam de vir de algum lado dentro da nossa mente.       Embarcando neste navio solitário, ouvindo apenas um sussurro longínquo que nos fala pela janela, pensamos estar a sós, mas enganamos-nos!       Estamos acompanhados (...)
15.Jul.17

Concluído

#André
    E pronto, posso dizer que oficialmente concluí o secundário!    3 anos que passaram a voar, mal dei conta, e agora, sinto que foram 3 anos da minha vida bastante importantes e positivos!     Cresci enquanto pessoa, enquanto estudante e enquanto ser social e científico.     Foram 3 anos de grandes e dolorosos trabalhos, de grandes esforços, que por vezes nem sempre tinha o prazer de os ver recompensados... mas foram 3 anos de muita luta, dos quais me orgulho, pois sei (...)
12.Jul.17

Pressão

#André
    Porque nos pressionamos tanto? Porque nos tentamos encaixar em algo que vai contra nós próprios? Como podemos ser tão exigentes com nós próprios? Como podemos por tantas expectativas nos noutras, exigirmos delas aquilo que não conseguimos de nós?     Não entendo porque existe tanta pressão sobre nós próprios, é difícil de compreender como isso é possível de acontecer.     Fingimos ser livres quando na realidade somos restringidos a toda a hora pelos nossos (...)
07.Jul.17

Sopro

#André
     Estamos rodeamos de mundo. À direita, à esquerda, atrás, à frente... Tudo à nossa volta se resumo ao mundo.      Todos nós, cada um de nós, estamos inseridos nesse mundo, que vamos construindo aos poucos, peça por peça.      Mas será assim tão fácil conseguir inserir tudo o que é nosso nesse nosso próprio mundo, nesse mundo que é construido por nós?      Não entendo, mas por vezes tenho a sensação de que tudo aquilo que eu construí me foge por (...)
04.Jul.17

Medo

#André
    Vivemos um dia de cada vez, um momento de cada vez, um minuto por um minuto, e não damos pelo tempo passar nas nossas vidas.     Mas sabemos que à medida que esse tempo passa por todos nós, sentimos vários sentimentos, e um desses sentimentos é o medo.     Medo de perder, medo de fazermos algo errado, medo de algo ou de alguém...     Desde o momento em  que nascemos, vivemos atormentados pelo o mundo que nos rodeia, que acaba por alimentar os nossos medos e nos (...)
26.Jun.17

Efemeridade

#André
      Neste sossego da tarde, aqui estou eu.... Ouço a natureza lá fora, como que a chamar-me, numa canto suave. Os pássaros piam, alegres da sua aparente vida, vivendo apenas por viver.       E aqui estou eu, não porque estou, nem porque não estou, mas sei que estou, porque simplesmente me encontro aqui. Sozinho neste descanso.       Sinto a calma desta tarde como se nada fosse, como se tudo me absorvesse.       E aqui me deixo estar, a preencher o tempo já (...)
14.Jun.17

FV'17

#André
    E todas as noites são aquela noite.     Todas aquelas festas são aquelas festas.     Aqueles momentos que vivemos, numa loucura única e inexplicável, numa entrega nunca antes feita, nunca antes vista, num espírito inabalável.     Todos os momentos era um só... de uma só maneira.     Foram tempos, em que a única preocupação era aproveitar ao máximo!     Onde o cansaço não existia, onde o sono não queria aparecer.     Foram noite, inesquecíveis, de (...)